FONTE: Comitê de Análise de Acidente de Trânsito - Vida no Trânsito, 2016